O Próprio
Faixa #14 2:26 Instrumental: Ricardo Estêvão 1 videoclip

Letra de Hello

Tu tás ressabiado uma beca na seca

Eu virei chafariz (eu virei chafariz)

Tu manda acalmar o teu brother

Que ele anda a pensar com o nariz

Tás a ver ou não

Eu ando ensonado e sem pressa

No meio de estúdios camarins

A fazer fumo com o meu zeca

Cagamos pró que a fama diz

Quando a fama diz

Hello

Com roupa mais cara mas na mesma rua

Criados debaixo da lua

Habituados a pôr a vida na mortalha

Sentado no banco cada um faz a sua

Não andas pra trás a cobra não recua

Veneno em mim já não actua

Passo madrugadas de um lado pró outro

A calar o demónio mas ele continua

Hello

Queres aprender línguas dou-te uma opção

Conheci um sócio que arrancou pra espanha

Foi preso voltou a falar catalão

Hello

E a tua amiguinha que estuda em milão

Mandou cumprimentos

Mas não me falava na altura

Em que eu tinha zero no talão

Ambulâncias no meu quarteirão

Substância na minha saliva

Cem gramas dentro de um blusão

Na minha cabeça sativa

Tou leve não toco no chão

A cada directo uma esquiva

Põe açúcar no meu galão (mexe)

Tenho uma vida cansativa

Tu tás ressabiado uma beca na seca

Eu virei chafariz (eu virei chafariz)

Tu manda acalmar o teu brother

Que ele anda a pensar com o nariz

Tás a ver ou não

Eu ando ensonado e sem pressa

No meio de estúdios camarins

A fazer fumo com o meu zeca

Cagamos pró que a fama diz

Quando a fama diz

Hello

Homens que pecam mas tentam mudar

Mas ao fim ao cabo é rotina

Seguir os mais velhos na zona é igual a acabar

Nas drogas e adrenalina

O azar no meu bairro é sentado a vê-lo passar

Eu tenho uma visão felina

Uma porta fechada há semanas no segundo andar

Descanse em paz o celina

Videoclip de Hello

Sexta-feira - 19 Julho, 2024